O Que É Preciso Para Ser Um Desenvolvedor Diferenciado?

Conteúdo abordado

Que o mercado na área de desenvolvimento é excelente muita gente já sabe, mas para um desenvolvedor diferenciado o mercado de tecnologia pode ser – acredite – ainda melhor.

Ser um desenvolvedor diferenciado torna o caminho profissional bem mais abundante – não só de dinheiro, mas também de projetos interessantes e uma excelente rede de contatos.

Portanto, é importante trabalhar para ser um desenvolvedor acima da média. E para te dar uma mãozinha nisso, reunimos neste texto dicas valiosíssimas que te ajudarão a se tornar um desenvolvedor diferenciado.

Estudar, estudar e estudar 

Primeiramente, para ser um desenvolvedor diferenciado é imprescindível ser dedicado e buscar continuar aprendendo conforme o mercado evolui e surgem novas tecnologias.

Dessa forma, busque ser capaz de ler e interpretar textos, assim como respostas em fóruns de dúvidas on-line e não pare de explorar as novidades do universo da programação.

Compreender a lógica por trás dos códigos

No mundo da computação existem diversas áreas em que um desenvolvedor pode atuar, mas para qualquer escolha é imprescindível que os programadores entendam as lógicas por trás dos códigos.

Um bom desenvolvedor sabe que todas as linguagens de programação se baseiam na lógica de programação. Nessa lógica existem diferentes tipos de estruturas: funções, estruturas condicionais (if-else), estruturas de repetição (loops), etc.

É com essas estruturas que somos capazes de escrever linhas de códigos que executam uma sequência de passos, formando assim um algoritmo e através de vários algoritmos criamos o nosso programa.

O Desenvolvedor Diferenciado além do código

É preciso evidenciar que, para se tornar um diferencial no mercado, ir além das chamadas hard skills é um grande trunfo.

Ou seja, além das habilidade computacionais, os desenvolvedores devem evoluir suas habilidades sociais.

Habilidades como trabalho em equipe, gerenciamento emocional e de tempo, bem como habilidades de comunicação.

Isso é relevante porque o tempo todo é preciso interagir com times e pessoas – que não necessariamente são da área de tecnologia.

Inglês

As empresas esperam um conhecimento pelo menos básico de inglês, mas na programação você usará o idioma com frequência. 

É uma habilidade que pode ser aprimorada por meio de consultas ao Google e no StackOverflow, quando você se depara com um código quebrado.

Portanto é importante inserir os estudos do idioma na sua rotina como parte do treinamento profissional, pois ele é fundamental.

Por fim, o Perfil do Desenvolvedor Diferenciado

Em suma, um desenvolvedor completo é aquele que acha soluções adequadas para cada problema, conhece e entende a lógica por trás de cada programa e que consegue se comunicar com as outras áreas da empresa, passando as informações sobre o que foi atualizado no site ou no produto, e entendendo com clareza as exigências do cliente/usuário.

O que é preciso para ser um Desenvolvedor Diferenciado

Ah, e caso tenha interesse em aprender mais sobre o universo da programação, não deixe de ler esta seleção de textos que separamos abaixo, com certeza será útil! Veja:

Por onde começar a programar?
Qual a diferença entre git e github?
3 aplicativos para praticar programação
Os 3 principais editores de texto para fazer seu código

Formando Desenvolvedores Diferenciados

Aqui na Driven procuramos alunos que além de demonstrar interesse pelo mundo da computação, devem também estar preparados para superar desafios e seguir evoluindo diariamente como programador e como pessoa.

Sendo assim, se está buscando uma formação diferenciada, precisa conhecer a formação da Driven

Trata-se de uma formação completa que te prepara em 9 meses para entrar (e muito bem!) no mercado de tecnologia. 

Então acesse a página da formação Driven para não perder as datas das próximas turmas!

Até mais 🙂

João Pedro Verçosa

João Pedro Verçosa

Engenheiro da Computação, produtor de conteúdo, apaixonado por educação, fanático por video-games e professor de física nas horas vagas.

Saiba quando abrirmos as próximas turmas