Skip to main content

Se você está iniciando no universo da programação, já deve ter percebido a importância de um bom editor de texto para código, não é mesmo? Os editores são ferramentas que permitem que você escreva e gerencie seu código de maneira focada.

Mas, caso você ainda esteja um pouco perdido sem saber muito bem qual dos editores de texto faz mais sentido para escrever o seu código, não se preocupe! Pois separamos os 3 principais editores de texto para código para que você possa se decidir mais informado.

Veja a lista com as indicações:

VS Code

O VS Code é um editor de código desenvolvido pela Microsoft e disponível para Windows, MacOS e Linux. Sem dúvidas, este é um editor que está entre os mais difundidos no mundo da programação. 

Além de apresentar suporte para muitas linguagens de programação, com o VS Code é possível baixar extensões que permitem customizar o editor e auxiliam na hora de escrever ou depurar o seu código. Outra vantagem é a integração com comandos Git.

ATOM

O Atom é um editor de texto para código aberto desenvolvido pelo GitHub com licença MIT e disponível para Linux, Mac e Windows. 

Uma das principais vantagens do ATOM é a facilidade para instalar extensões desenvolvidas com Node.js além, claro, da integração com o GitHub.

Sublime Text

 

O Sublime Text também é muito difundido no mundo da programação. A ideia inicial desse editor multiplataforma era ser uma extensão do VIM, mas alguns desenvolvedores utilizam como editor principal inclusive para codar na linguagem Phyton.

O sublime é vantajoso por ser muito rápido, leve e também bastante prático de ser usado.

E aí, o que achou das nossas indicações? Caso queira destacar alguma outra opção que esteja considerando utilizar, deixe nos comentários para que outros aprendizes de programação possam se beneficiar :]

Está buscando uma formação para se tornar uma Pessoa Desenvolvedora Full-Stack?

Se você está super decidido que quer trilhar sua carreira na área de tecnologia, então você precisa conhecer a formação intensiva em desenvolvimento full-stack da Driven.

Trata-se de uma formação completa que te prepara em 9 meses para entrar no mercado de tecnologia. O curso é organizado em quatro trilhas de conhecimento, sendo elas:

  • Desenvolvimento Full-Stack;
  • Fundamentos da Computação;
  • Desenvolvimento de Soft-Skills;
  • Desenvolvimento de Carreira.

Vale ressaltar que durante a formação você não pagará nada. Só começará a pagar quando estiver ganhando mais do que R$4.000/mês.

Ou seja, a Driven acredita tanto na qualidade da formação técnica e comportamental que oferece que tem certeza que os alunos serão contratados rapidamente e poderão, assim, pagar pelo curso tranquilamente.

Acesse a página da formação Driven para não perder as datas das próximas turmas!